#Resenha: INSIDER de Olivia Cunning

INSIDER by Olivia Cunning

INSIDER by Olivia Cunning

Toni quer estar por dentro.
Logan só quer estar dentro dela.

Ela está finalmente pronta para o rock…
Toni Nichols deixou seus sonhos de lado para criar sua irmã mais nova, mas agora está alcançando as estrelas como a criadora de uma revolucionária biografia interativa sobre o Exodus End. Ela está em turnê com a banda de rock para mergulhar nesse mundo, mas como vai ganhar a confiança dos quatro astros veteranos que foram queimados pelos meios de comunicação antes? Ninguém disse que isso seria fácil. Mas coisas boas podem vir com as dificuldades.

Ele está sempre pronto para deixar rolar…
O viciado em adrenalina Logan Schmidt vive para o agito de tocar seu baixo diante de milhares de fãs gritando. Quando não está se apresentando no palco ou no quarto, ele está buscando sua próxima emoção nos esportes radicais. Então, por que uma jornalista doce e inocente faz o seu coração pulsar e captura toda a sua atenção? Toni é de verdade ou está apenas desenterrando os podres de sua banda? Logan está ansioso para balançar o mundo de Toni e levá-la para cama, mas quando ela começa a se aproximar muito de seu coração, ela leva o seu olhar para um lugar que ele pode não estar disposto a ir.

Título: INSIDER
Autora: Olivia Cunning
Editora: Vulpine Press
Lançamento: Jun 30th 2015
Formato: eArc
Fonte: Southern Belle Promotions
Páginas: 487
Gêneros: Contemporâneo, Romance, Erótico



Toni Nicols tem cuidado de sua irmã com Síndrome de Down desde que seu pai morreu, para que sua mãe pudesse assumir a editora. A carreira de Toni ficou de lado, mas agora que elas garantiram os direitos de publicação de uma biografia interativa do Exodus End – uma das maiores bandas de rock da atualidade – é hora de provar a sua competência e viver um pouco. Mas nada poderia prepará-la para a loucura e o caos do mundo da música.

À frente do projeto, Toni deve acompanhar a banda em sua turnê mundial, entrevistar os integrantes e documentar o que acontece nos shows e bastidores. Mas primeiro ela deve conquistar a confiança de todos, que estão arredios com uma jornalista a bordo.

“Quem faz mais pressão sobre você? Sua banda? Os fãs? Seu empresário? A mídia? ”

“Eu principalmente, mas sim, eu sinto que vem de todas as direções.”

Toni se inclinou para perto, interessada em sua resposta inesperada. “Por que você coloca pressão sobre si?”

“Se eu te disser, eu tenho certeza que você vai distorcer de tal maneira que vai acabar pegando mal.”

Ela estava surpresa que a falta de confiança dele tenha ferido seus sentimentos. Ela embarcou nessa experiência esperando que fossem cautelosos perto dela, especialmente no início. Ela supôs que Logan fosse o culpado por ela pensar que já tivesse ganho a amizade e confiança deles. Talvez ele deixar a cautela de lado, e ser franco e honesto com ela, fosse algo mais incomum do que ela tinha percebido.

“Eu nunca faria isso”, disse Toni, tocando a palma de sua mão para reforçar seu argumento. “Eu estou aqui para escrever um livro que mostre todos vocês da melhor maneira possível. Meu objetivo é tornar vocês humanos, mas não maus. Ou escandalosos. Ou fracos. Mas reais. ”

“Isso pode ser ainda pior”, disse ele.

“Como assim?”

Ele desviou o olhar, como se procurasse as palavras certas. “Quando o mundo acredita que você é o personagem que você exibe ao público, essa percepção permite uma certa camada de proteção. Então, você sente como se a crítica e o ódio não fossem dirigidos a você, não o você real — mas dirigidos ao homem que todos pensam que você é, que não tem absolutamente nada a ver com você.”

Todos com exceção do baixista Logan Schmidt, sempre em busca de emoção — seja no palco, nos esportes ou sua cama. Ele não pensa duas vezes antes de seduzir a jovem, mas Logan não sabe que Toni ainda é virgem.

Esta é a parte onde eu tenho que te dizer para ser uma boa menina e para proteger cuidadosamente o seu coração, corpo e alma dos astros do rock do mal. Eu deveria te aconselhar a ficar longe de álcool em excesso, drogas, sexo, e das festas nos bastidores. […] Se você ainda for virgem da próxima vez que eu te encontrar, eu prontamente sequestrarei você, transportarei sua bunda para Vegas no porta-malas do meu carro, e pagarei um garoto de programa boa pinta para remover o seu chip de virgindade.

Toni é totalmente sem noção, e sua franqueza combinada com sua inexperiência rendem momentos divertidíssimos.

“Ela estava nua. Com um homem. E não apenas qualquer homem. Esse homem. De alguma forma, ela tinha imaginado que sexo deveria acontecer sempre em uma cama, debaixo das cobertas, no escuro. Mas, aparentemente, em um sofá na parte de trás de um ônibus de turismo, com todas as luzes acesas, funcionava muito bem também.”

Logan sabe ser sexy, engraçado e doce ao mesmo tempo, uma combinação irresistível! Toni não deve se comprometer e nem esperar isso de Logan – que deixa claro que eles são apenas amigos com benefícios – mas a proximidade torna tudo mais difícil. E em pouco tempo, eles estão muito mais envolvidos do que pensavam.

“Vai me dizer o que você acha gostoso?”

“Se você prestar atenção, isso deve ser óbvio.”

Ela sorriu. Finalmente, algo em que ela se destacava. “Eu sou boa em prestar atenção.”

Ele fez uma careta. “Eu não. A única coisa em que sou bom é ser um fodido.”

Ela alisou a testa preocupada dele com a ponta dos dedos até sua pele relaxar sob seu toque. “Você não é um fodido, Logan. Você é…” Maravilhoso. Ela suspirou internamente, não querendo que ele soubesse o quanto ela estava encantada com ele. Ou talvez, pular na cama dele tenha dado pinta.

“Prove. Cite uma coisa que eu fiz nas últimas 24 horas que não foi impulsivamente estúpida.”

“Impulsiva, sim, estúpida, não. Você é uma criatura de instinto. ”

“Então agora eu sou uma criatura?”

“Um homem”, ela corrigiu. “Um homem sexy em quem não consigo parar de pensar, mesmo que eu saiba que deveria estar prestando atenção no meu trabalho.”

“Eu tenho o mesmo problema quando se trata de você.”

“Você não tem que dizer coisas como essa para tirar minha calcinha”, disse ela com um sorriso.

“Mas eu digo para te fazer sorrir.” Ele a beijou, e ela derreteu contra ele. Seus lábios moveram-se para o queixo dela. “Além disso,” ele sussurrou, “é verdade. Porque você acha que eu só falei besteira naquela entrevista na rádio?”

Logan é um eterno adolescente. Ele esbanja energia e consegue tirar Toni de sua zona de conforto. Ela adquire auto-confiança não apenas em relação ao sexo, mas também profissional e pessoal, enquanto que ele aprende a lidar com a profundidade de seus sentimentos. Eu adorei o quanto os personagens amadureceram ao longo do livro!

“Você não tem que mentir para proteger meus sentimentos, Logan. Eu sou adulta.”

“Eu não estou mentindo. Eu queria poder avançar algumas horas até o término do show para poder te ensinar mais sobre fazer amor. E você poderia me ensinar como amar alguém.”

A química entre eles é explosiva, e a interação entre os dois e o restante da banda é uma delícia de assistir! Eu pude conhecer melhor os integrantes do Exodus End — eu preciso de mais Dare Mills e Max Richardson 🙂 — e rever os Sinners <3

“Temos que ter um solo de guitarra”, disse Dare.

“Por quê?”, disse Steve. “Porque sempre temos um solo de guitarra? Vocês todos são tão previsíveis. Por que não podemos mudar e fazer algo diferente? Não é como se essa música fosse entrar em um álbum. É apenas para esse livro estúpido.”

Logan olhou para Toni. Ele não tinha certeza se sua expressão chocada era devido a Steve minar seu trabalho ou porque, como de costume, a discussão entre eles já estava se intensificando. Ele bateu em Steve para mostrar à sua mulher o seu apoio. “O livro de Toni não é estúpido.”

“Gente, gente,” disse Reagan. “Talvez devêssemos começar com as letras e –”

“Começar com as letras?”, perguntou Max. “Nós nunca começamos com as letras.”

“Como ela deveria saber disso?” Dare retrucou, empurrando Max no peito. “Ela nunca teve o prazer de estar envolvida nessa porra toda.”

“Ok, não com as letras então”, disse Reagan calmamente. “Como vocês costumam começar?”

“Exatamente assim”, disse Logan. Ele tinha certeza de que Toni não estava conseguindo o que esperava para seu livro, mas ela estava tendo uma experiência autêntica. “Esses idiotas não conseguem concordar em nada.”

“Nós todos podemos concordar que você não contribui com nada, então você pode muito bem se retirar”, disse Steve.

“Eu contribuo!” Logan gritou, a raiva fazendo sua pele esquentar e seu coração acelerar.

“Com o que você contribui? Ré Maior, Ré Maior, Ré Maior, Ré Maior”, disse Steve, mantendo o ritmo da batida em seu baixo improvisado com sacudidas de sua cabeça.

“Cale a boca,” Logan rosnou. “Eu às vezes toco um Mi.”

Olivia Cunning é uma das minhas autoras favoritas do gênero erótico. Seus livros são a combinação perfeita de cenas quentes, engraçadas e comoventes, mas o que eu mais gosto na escrita da autora é a descrição precisa e apaixonada da cena rock ‘n’ roll.

“É comum que membros de diferentes bandas sejam bons amigos?”

Ele lançou-lhe um olhar estranho. “Bem, sim. Estamos todos juntos nisso, não é? ”

“Eles não são seus concorrentes?”

Ele balançou a cabeça. “Nossos irmãos. Se nós vamos manter o rock vivo, temos de trabalhar em conjunto, e não uns contra os outros.”

Ela sorriu. Que boa maneira de pensar sobre a indústria da música. Ela se perguntou se os executivos das gravadoras compartilhavam desse ponto de vista.

INSIDER é um ótimo começo na série Exodus End World Tour e uma leitura imperdível para quem é apaixonado por romance, música e astros de rock. Eu mal posso esperar pelo próximo livro, OUTSIDER! Reagan Elliot, guitarrista do Exodus End, e Trey Mills, guitarrista do Sinners, estarão mais uma vez no centro das atenções 🙂

Eu tive dificuldade para escolher os quotes que complementariam essa resenha — eu devo ter grifado o livro inteiro! rs – mas eu gostaria de terminar com esse:

Logan tinha despertado. Ligado de um jeito que ela não tinha visto antes. Ela assistiu uma abundância de filmagens dele no palco e testemunhou que ele era um excelente performer, mas estar aqui com ele ao vivo deu-lhe uma visão inteiramente nova, que nenhum vídeo poderia transmitir. Então, como ela poderia mostrar esse lado dele no livro? Ela conseguiria captar a vida nele, a vibração? Ela não tinha certeza se era possível. A energia saindo dele era quase palpável. Seu amor pela música, era o que ela estava vendo. Não, o que ela estava sentindo. Mas como ela mostraria ao mundo o quão notável que era? Quão notável ele era?

Isso é o que você faz melhor, Olivia! Seus personagens saltam das páginas, tão cheios de vida! E você leva seus leitores além dos concertos e do greet and meet… Você nos torna parte da banda <3

Continue arrasando como sempre! — Eu sem dúvida continuarei lendo 🙂

Rock ‘n’ Rating:

*Anúncio: Southern Belle Promotions enviou-me esse livro como cortesia para resenha. Isso em nada afetou a minha opinião sobre o livro, ou o conteúdo de minha análise.

, , ,

No comments yet.

Deixe uma resposta